História de Ilhabela

(Fonte principal: IBGE)

A ilha de São Sebastião foi identificada por Américo Vespúcio, em 20 de Janeiro de 1502, dando-lhe o nome do Santo do dia: São Sebastião. Era a primeira expedição exploradora enviada por Portugal. Antes da chegada dos portugueses, essa ilha era chamada de Maembipe, pelos nativos.

O povoamento desta faixa litorânea, pelo elemento branco, iniciou-se em 1608. Os primeiros habitantes das terras que margeiam o canal de São Sebastião, dos lados da ilha e do continente, vieram de Santos para desenvolverem atividades agrícolas nas terras que haviam recebido por concessão do Capitão-Mor da Capitania de São Vicente.

Em fins do século 18, o Padre Manoel Gomes Pereira Marzagão construiu na ilha de São Sebastião uma capela sob a invocação de Nossa Senhora da Ajuda e Bom Sucesso, formando­se, então, um povoado que ganhou o foro de Cidade graças ao Capitão-Mor Julião de Moura Negrão.

A unidade político-administrativa compreendendo as ilhas de São Sebastião, Búzios, Vitória e outras ilhotas, foi decretada por ordem do Governador da Província de São Paulo, o Capitão-General Antônio José de França e Horta, em 1805, que a chamou de Villa Bella da Princesa, em homenagem à Princesa da Beira.

Reduzido à condição de Distrito de Paz, em maio de 1934, foi incorporado ao Município de São Sebastião e novamente elevado a Município em setembro do mesmo ano, passando, em 1940, a se denominar Formosa e, quatro anos depois, Ilhabela.

Mais História de São Paulo.

 

São Paulo

Ilhabela

 

 

Centro Histórico de Ilhabela (Vila). A Praça Julião, o prédio da antiga cadeia, construído em 1914 (esquerda), e o Jesus Cristo crucificado (direita).

 

Ilhabela

 

Mapa Ilhabela

 

Sul Ilhabela

 

Viagem

 

Vista panorâmica do lado sul de Ilhabela.

 

Copyright © Guia Geográfico - Estado de São Paulo - História de Ilhabela.

 

História Brasil

 

Ilhabela SP